O RH e o desafio de construir um novo olhar sobre a realidade

Palestrante Eugenio Mussak / Crédito: Marco Nunes

Em dois momentos, Eugenio Mussak expôs o tema “Construindo novos modelos de realidade”, voltado para uma nova perspectiva de relacionamento da área de RH nas empresas.

Mussak comentou sobre o formato da educação e concluiu a maioria dos educadores trabalha com a transferência deliberada de conhecimento. Assim, esquecem de passar aos jovens o exercício do questionamento e do pensamento contínuo. Baseado nos conceitos de intelectuais antigos, apontou ainda os principais inimigos da formação de um novo olhar sobre a realidade: a indolência, a ignorância e a arrogância.

Uma novidade durante os dois momentos da palestra foram as dinâmicas comandadas pelo  consultor organizacional Jaime Salvon, como relatado no post abaixo. Ao final, Mussak destacou que os sonhos devem ser compartilhados: “Nós temos que pensar nos sonhos da empresa e dos funcionários que a compõem.”

Experiência motivadora

 A dinâmica proposta pelo consultor Jaime Salvon rendeu ótimos comentários. O quarteto de amigas vindas de Lajeado, Rosnei, Claudia e Gisele, e a santa-cruzense Mônica, aprovaram a novidade.

“Acho que é importante, porque conseguimos sair do modelo padrão, o que também propõe o tema do CONGREGARH deste ano”, disse Rosnei. Claudia e Gisele concordaram que um novo olhar pode fazer com que haja transformações dentro das empresas e aprovaram a movimentação provocada pela ação. Além de aprendizado, a atividade serviu como uma reflexão. “Nós, do RH, temos que olhar para nós também”, reforçou Mônica. Abaixo, um clic das amigas e congressistas:

Rosnei, Claudia, Gisele e Mônica / Crédito: Marco Nunes

Um resumo das considerações dos participantes na dinâmica.